Português (Brasil)
Entre em contato conosco! (11) 3293-9139

Histórias de Sucesso

segunda-feira, 5 de agosto de 2013

Parceria Engel, Albag e InduSoft Supera as Expectativas de um Produtor de Compostos de PV

Redução de custos de produção e aumento na qualidade do produto, em uma planta produtora de vários compostos de PVC na região metropolitana de Salvador, BA, Brasil, foram atingidos usando o supervisório InduSoft Web Studio

 


  • Redução drástica dos custos gerados na linha de produção e na manutenção do sistema

  • Aumento da qualidade e da rastreabilidade dos lotes produzidos

  • Monitoramento constante de qualquer lugar do mundo

  • Relatórios de produção para o acompanhamento dos resultados




Figura 1: Planta de preparação de compostos de PVC
Figura 2: Sinótico da planta no InduSoft Web Studio



História

Quando a “Engel Engenharia de Automação Industrial”  e a “Albag Sistemas para Matérias-Primas”, ambas localizadas em Joinville, SC, Brasil, se uniram para planejar um novo sistema de preparação de compostos de PVC utilizando o supervisório InduSoft Web Studio, eles não sabiam que essa parceria superaria todas as expectativas.

A Engel é uma empresa de Engenharia de Automação Industrial  especializada em projetos de máquinas e de sistemas de automação industrial, com uma equipe capacitada para prestar serviços na área de projetos elétricos, programação de CLP, IHMs e sistemas supervisórios. A Albag, por outro lado, é uma empresa fabricante de equipamentos para o manuseio  de matérias-primas  em pó, nas etapas de  recebimento, transporte, dosagem, pesagem e abastecimento das matérias-primas, especialmente para indústrias de transformação de PVC fabricantes de tubos, forros, telhas e perfis.

 

Figura 3: Tela com sinótico completo da planta

O Desafio

Em uma planta localizada na região metropolitana de Salvador, BA, Brasil, são produzidos vários tipos de compostos de PVC utilizados para produzir forros, tubos, conexões e outros acessórios de PVC.  Com o elevado volume de produção, a empresa possui diversos tipos de compostos e tamanhos de lotes, variando de acordo com a demanda, que exigem um sistema de produção flexível e automatizado. A  planta de preparação de compostos de PVC possui: quatro silos para o armazenamento de resinas de PVC e carbonato, cinco reservatórios para o armazenamento de aditivos, quatro balanças para resinas de PVC e carbonato, duas balanças para aditivos, quatro misturadores, quatro silos para o armazenamento de materiais acabados, oito sistemas pneumáticos de transporte, e sistemas de exaustão e limpeza de pó.

 

Podemos dividir o sistema em três subsistemas:

1. Transporte e armazenamento de matérias-primas e aditivos.
Monitora o sistema de abastecimento e armazenamento dos componentes utilizados na fabricação do composto de PVC em pó, como a resina de PVC, carbonato de cálcio, dióxido de titânio, estabilizantes e pigmentos. O sistema precisa manter os silos sempre abastecidos para atender a demanda da produção.

2. Pesagem e abastecimento dos misturadores.
Dosa as matérias-primas e aditivos de acordo com as receitas em produção. O sistema possui balanças e roscas dosadoras para fazer a dosagem dos materiais. Após a dosagem, acontece a verificação se a batelada encontra-se dentro das tolerâncias aceitáveis do produto escolhido antes de enviá-lo ao misturador. Todos os dados de produção (tipo de produto, quantidades e tolerâncias para cada material) são registrados em um banco de dados para rastreabilidade e análise da empresa

3. Transporte de armazenamento do produto acabado.
Transporta o material acabado para diversos silos de armazenamento após a mistura dos produtos. 

 

Os objetivos do novo sistema eram duplicar a capacidade produtiva a partir da ampliação do sistema antigo (composto por um CLP Siemens S5 e um supervisório dedicado rodando em um computador IBM-PC 486), resolver as sérias dificuldades de manutenção encontradas e criar um sistema de armazenamento dos dados das bateladas para garantir rastreabilidade e a qualidade dos produtos produzidos. A solução proposta pela Engel e a Albag foi de utilizar as plataformas InduSoft e Beckhoff no novo sistema. Além da solução proposta atender todos os requisitos e superar as expectativas tecnológicas do projeto, ela foi considerada a mais viável financeiramente.

Figura 4: Tela do sistema de dosagem de matérias-primas


A Solução

Durante o processo de desenvolvimento do sistema, foram utilizadas ferramentas de simulação e depuração da InduSoft e da Beckhoff. Essas ferramentas auxiliaram no desenvolvimento do sistema como um todo, minimizando os erros e ajustes necessários durante o startup do sistema em Salvador. Por esse motivo, o tempo total de desenvolvimento foi reduzido drasticamente, fazendo com que o sistema estivesse em produção antes do esperado. O comissionamento e o startup do sistema foram separados em duas etapas: expansão do sistema e substituição do sistema antigo. Ambas as etapas foram concluídas em um período de duas semanas cada.
 
O sistema possui um computador exclusivo para o monitoramento de toda a planta instalado com o InduSoft Secure Viewer. A partir deste computador, é possível fazer o monitoramento através de um sinótico, configurar as receitas do sistema e o objetivo da produção, monitorar os alarmes e eventos, e, se necessário, operar em modo manual. Utilizando o InduSoft Web Thin Client, também é possível acessar o sistema via Microsoft Internet Explorer de qualquer lugar do mundo.

Todos os dados de produção são armazenados em um banco de dados remoto Microsoft SQL Server Express, além de serem armazenados localmente. Relatórios de desempenho são gerados para o acompanhamento dos resultados alcançados. O sistema de segurança conta com quatro grupos de acesso distintos: operação, supervisão, manutenção e engenharia. Cada um desses grupos possui um nível de acesso específico baseado em suas atividades e integração com o sistema.

Para o painel de controle, foram utilizados dois Computadores Industriais Beckhoff CP6201 12” com Windows CE, Twincat e o supervisório InduSoft CEView. Também foram utilizados IOs remotos em rede Ethercat com aproximadamente 500 pontos de IOs digitais e analógicos, interfaces com células de carga e gateways para outros protocolos de redes de campo.

Durante todo o processo de desenvolvimento, comissionamento e startup do sistema, a Engel e a Albag contaram com o apoio e suporte técnico dos profissionais da InduSoft.

 

 
    Figura 5: Tela do sistema de dosagem de aditivos                     Figura 6: Tela do sistema de abastecimento dos misturadores



O Resultado

“Nós não poderíamos estar mais satisfeitos,” menciona o Sr. Denis Kohler, Engenheiro de Automação da Engel. “O sistema supervisório possui acesso via web para todos os gestores da planta localizados em outras localidades. Agora eles podem acompanhar remotamente a produção a partir de qualquer computador conectado à rede da empresa,” continua o Sr. Kohler. A infra-estrutura de TI da empresa também foi modificada e configurada para permitir o acesso remoto da equipe de engenharia da Engel e da Albag. Essa medida foi tomada para permitir ajustes e melhorias no sistema remotamente assim que eles se tornassem necessários reduzindo, portanto, o tempo em que o processo permanece parado para manutenção e os custos com o deslocamento de funcionários.

Em conclusão, o sistema desenvolvido pela Engel e a Albag, além da diminuição drástica de custos na na produção, possibilitou o armazenamento e rastreabilidade dos dados e o acesso remoto para todos os gestores. Tudo isso foi realizado em um tempo recorde graças a experiência dos técnicos da Engel e da Albag, e da flexibilidade e interface intuitiva do supervisório InduSoft Web Studio.



          
Figura 7: Panel PC Beckhoff CP6201 com o supervisório InduSoft Web Studio Figura 8: Painel de comando do sistema

 

 

 

  
www.engelautomacao.ind.brwww.albag.com.br
 

 


Para maiores informações entre em contato com o seu distribuidor local ou diretamente com a InduSoft pelo telefone (11) 3293-9139 ou pelo email: info@indusoft.com.br.